estacaogeek.xpg.uol.com.br

WebMedia XPG

Montar um curso online? Veja como começar


Montar um curso online? Veja como começar

Já pensou em montar um curso online e ganhar dinheiro com ele? A internet parece ser uma mão na roda neste caso, pois permite que seja possível dar eco à própria voz, não é mesmo? Muitas vezes, porém, é preciso uma ajuda especializada de plataformas para estruturar um curso e lançá-lo no mercado.

Ou seja, você até pode ser bom em jardinagem, línguas ou investimentos, mas para vender algo relacionado a isso é necessário um pouco além de disposição, certo? Para entender melhor como montar um curso online e como é possível ganhar dinheiro com um negócio do tipo, conversamos com Nilson Filatieri, CEO e fundador da HeroSpark, plataforma que transforma conhecimento em negócios digitais.

Nilson, pode nos contar um pouquinho sobre sua trajetória até chegar a HeroSpark?

Nilson Filatieri: Eu sou formado em Engenharia Elétrica pela Universidade Estadual de Londrina e, desde muito cedo, sempre tive essa veia empreendedora. Em um período da minha vida lecionei aulas de matemática e percebi que a educação era uma área com um potencial enorme para crescimento. Na época, desenvolvi um aplicativo de aulas de inglês e uma plataforma para vendas de cursos. Essa segunda ideia acabou evoluindo e, em 2013, nasceu a EADBOX.

A empresa surgiu com a proposta de ampliar e melhorar o acesso à educação, incentivando milhares de novos negócios digitais, sendo o meio catalisador de pessoas com um conhecimento específico de empreender. E de lá pra cá muita coisa mudou, começamos nossas operações com 4 pessoas, contando comigo, e cada um fazia um pouco de tudo, até chegar ao que é a HeroSpark.

Como surgiu a HeroSpark e de onde veio a inspiração para a sua criação?

N.F.: A HeroSpark surgiu quando o Rafael Carvalho, CEO da Edools, e eu, em conversas informais, percebemos que poderíamos impactar muito mais pessoas se fôssemos parceiros e não concorrentes. Até então, EADBOX e Edools disputavam a liderança do mercado cliente a cliente, era um verdadeiro campo de batalha.

No final de 2018 nós decidimos unir forças e buscar impactar muito mais pessoas juntos. E, com essa fusão, a HeroSpark já surgiu atuando em mais de 20 países, com mais de 1600 clientes e 6.5 milhões de usuários ativos.

Pode nos explicar como a HeroSpark funciona para quem é produtor e quer montar um curso online?

N.F.: Para nós da HeroSpark, o produtor é aquele que tem um conhecimento que a gente chama de “valioso” e que tem o potencial de gerar um negócio através dele. E quando eu digo “valioso”, eu me refiro a várias áreas de conhecimento. Por exemplo, temos produtores de cursos online de maquiagem e costura, assim como cursos de finanças e trading.

E nós guiamos os nossos produtores desde a ideia até o final do processo, ou seja, o lançamento do produto. O acompanhamento é feito por toda a jornada, começando pela delimitação do nicho de atuação, passando por consultorias de qualidade e vendas e, principalmente, vendo-os alcançar sucesso em seu negócio.

Recentemente lançamos o SparkStart, que é focado em ajudar pessoas com um conhecimento em determinada área a montar o seu primeiro empreendimento digital. Além disso, também temos o SparkTalks, que é um evento presencial e conta com diversos palestrantes das mais diversas áreas, em que as pessoas aprendem mais sobre como criar um negócio digital.

E, acima de tudo, a nossa equipe está pronta para auxiliar os clientes em todas as etapas do processo, inclusive nas vendas. Desse modo, os nossos produtores não perdem tempo ou travam em etapas da produção.

Pode nos explicar como a HeroSpark funciona para quem é afiliado?

N.F.: Na HeroSpark nós buscamos afiliados profissionais, ou seja, pessoas que já têm experiência e resultados no ramo e, além disso, pessoas que saibam trabalhar de forma ética e honesta neste mercado. Não temos um processo contínuo de afiliação, essa seleção é feita a cada trimestre.

Os interessados respondem a um formulário para que possamos conhecê-los um pouco mais e após essa etapa é marcada uma entrevista. Focamos na exclusividade por acreditarmos que isso agrega mais valor para os nossos produtores e afiliados. Assim, com um suporte hightouch, conseguimos entregar alta performance para ambos.

Qual o custo para quem quer usar a HeroSpark se tornando produtor ou afiliado?

N.F.: O marketing de afiliados é um negócio muito escalável, pois o investimento inicial é baixo e os resultados começam a aparecer mais rápido que em negócios tradicionais. Para se tornar um afiliado HeroSpark não há custos, basta preencher o nosso formulário de qualificação.

Já para quem é produtor (e quer montar um curso online), os custos são mais operacionais, como a contratação da nossa plataforma, estrutura para gravação das aulas, divulgação e tudo o mais. Isso também depende um pouco do que o cliente pretende entregar para o seu público, sabe?

Alguns cursos exigem um conteúdo extremamente profissional, logo o produtor precisa investir muito mais na edição das aulas, por exemplo. Nossa plataforma conta com três opções de plano, o mais indicado para quem está começando é o plano básico, então isso tudo pode variar, é difícil dizer um valor fechado. Mas em geral os custos são esses: plataforma, estrutura e divulgação.

Como funciona a questão das vendas? Como a plataforma auxilia nesta questão?

N.F.: O sucesso de vendas dos nossos clientes também é nosso. A nossa plataforma já vem integrada com um e-commerce 100% personalizável. Além disso, ela fornece relatórios de vendas para os produtores acompanharem e, caso as vendas não estejam ocorrendo conforme o esperado, oferecemos treinamentos para ajudá-los a impulsioná-las.

E contamos um enorme diferencial: uma rede qualificada de afiliados. Dessa forma os cursos alcançam um público muito maior.

Como montar um curso online de sucesso? Pode citar alguns cases de exemplo?

N.F.: Com a nossa experiência em mais de 120 mil cursos lançados pelos nossos clientes, nós conseguimos auxiliar nossos produtores a estarem sempre criando produtos de qualidade.

Um dos nossos clientes é o João Amádio, CEO da VeteduKa. Ele e a sua esposa são formados em medicina veterinária e perceberam as dificuldades que muitos estudantes enfrentavam com a prova de residência, então viram uma oportunidade e investiram nela.

O Registrando com Gentil também é um case muito interessante, pois o Adriano e a Daniela Gentil tiveram a ideia, na noite do Réveillon de 2018, e no mesmo dia começaram a planejar o conteúdo. Hoje em dia ajudam milhares de alunos ao redor do país a serem aprovados no concurso de registrador de cartório.

Quais as perspectivas para a plataforma no médio prazo?

N.F.:Queremos expandir a nossa atuação, poder ajudar mais o empreendedor digital na sua jornada, desde o início da concepção da sua ideia até transformar em um negócio altamente lucrativo.

Para isso, estamos desenvolvendo uma série de ações. Entre elas: eventos presenciais, aulas gratuitas ministradas online e novos produtos que vão simplificar, escalar e acelerar o processo.

Temos, por exemplo, mais de 160 funcionários e atuamos em mais de 20 países, estamos com planejamento de expandir mais esses números, porém, sempre tendo em mente a nossa missão “de transformar conhecimento em negócios digitais de alto impacto”.

------ Este artigo foi escrito por Janaína Gimael. Este artigo apareceu originalmente no site Dinheirama.A reprodução deste texto só pode ser realizada mediante expressa autorização de seu autor. Para falar conosco, use nosso formulário de contato. Siga-nos no Twitter: @Dinheirama

Publicidade

Fechar

CONTATO

Preencha o formulário abaixo

Fechar

Hospedagem HTML Grátis sem limite

Infelizmente este serviço foi descontinuado e não será possível criar um novo cadastro


Fechar

BLOG Grátis

Infelizmente este serviço foi descontinuado e não será possível criar um novo cadastro


Fechar

Esqueci minha senha

Crie já o seu cadastro

Fechar

ESQUECI MINHA SENHA

 

Se você esqueceu sua senha, digite seu login abaixo.

Se você esqueceu seu login, digite seu e-mail abaixo.