gamesquad.xpg.uol.com.br

WebMedia XPG

Bancos fazem feirão com até 98% de desconto para quem têm dívidas


Bancos fazem feirão com até 98% de desconto para quem têm dívidas

As dívidas foram um grande problema para o brasileiro ao longo de todo o ano de 2019 e chegou o momento de mudar essa realidade!

Dezembro começou agora e muita gente já pode aproveitar uma oportunidade única para limpar o nome, um verdadeiro presente.

Os bancos e os serviços de proteção de crédito se reuniram para promover, durante os próximos dias, mutirões para que as pessoas possam renegociar suas dívidas.

Não restam dúvidas de que muita gente que se endividou, acabou entrando nessa situação por conta dos altos juros que ainda hoje são praticados em modalidades como cartão de crédito e cheque especial. Agora é hora de aproveitar os descontos que em alguns casos podem chegar a até 98%.

Poupança Turbinada: Na Grão você guarda com pouco e consegue rentabilidade 106% da poupança

Dívidas: negociar é sempre uma arte

Lembre-se que o primeiro passo para resolver os problemas relacionados às dívidas é perceber e assumir que existe algum problema no orçamento.

Você pode ter gasto demais por alguma situação momentânea ou isso pode ser um sintoma clássico de viver acima do que o padrão de vida permite.

Por isso é sempre importante fazer o controle financeiro para identificar o que está acontecendo e pensar no que fazer para corrigir o problema.

Leia também: Por que os juros dos empréstimos não caem no Brasil?

Dívidas: reserva de emergências

Não podemos esquecer que uma arma poderosa contra as dívidas é a famosa reserva de emergências (ou reserva de paz, como alguns de nossos leitores gostam de chamá-la).

Guardar uma parte de seu dinheiro e criar um fundo capaz de garantir sua paz em momentos difíceis é fundamental. No longo prazo, isso pode significar ainda a manutenção do padrão de vida.

Você pode começar rapidamente a guardar seu dinheiro e criar sua reserva de emergências com a Diin (que agora vai se chamar Grão) e ter a rentabilidade de 106% da poupança. Tudo rápido, prático e com muita segurança.

Ouça: DinheiramaCast: Final de ano e planejamento para 2020

Dívidas: a hora de renegociar

Um ponto importante para quem está endividado é buscar uma negociação que esteja de acordo com as possibilidades financeiras. Por isso, aproveitar os feirões em que os bancos baixam as taxas e oferecem boas oportunidades de acordo é válido.

Veja abaixo as instituições financeiras que irão oferecer condições diferenciadas para quem quer negociar e sair das dívidas:

SPC Brasil

Datas: até 15 de dezembro.
Onde: 11 capitais (São Paulo, Belo Horizonte, Salvador, Fortaleza, Recife, Goiânia, Cuiabá, São Luis, Teresina, Rio Branco e Manaus) e quatro cidades do interior do país (Feira de Santana – BA, Ibirité – MG, Pato Branco – PR e Santo Antônio da Platina – PR).
Parceiros: mais de 120 empresas, entre bancos, consórcios, operadoras de telefonia, construtoras e supermercados. Condições anunciadas: até 98% de desconto e negociação do parcelamento.
Clique e faça contato

Banco do Brasil

Datas: de 2 a 6 de dezembro.
Onde: agências e canais de atendimento online.
Condições anunciadas: descontos de até 92%, prazos que podem chegar a 120 meses e com até 180 dias de carência. O banco também oferece, promocionalmente, taxas de juros até 14% menores para as operações de renegociação.
Podem participar os clientes pessoa física que possuam operações de crédito vencidas, independentemente da faixa de renda, e com mais de 30 dias de inadimplência.
Clique e saiba mais

Bradesco

Datas: de 2 a 6 de dezembro
Onde: Agencias e canais de atendimento online.
Condições: Bradesco não anunciou  as condições

Caixa Econômica Federal

Datas: de 2 a 6 de dezembro.
Onde: nas agências, nos caminhões da adimplência (Araraquara/SP, Pelotas/RS, Araguari/MG e São Luís/MA) e nos canais remotos de atendimento.
Condições anunciadas: os clientes podem quitar dívidas em atraso há mais de 1 ano com até 90% de desconto para pagamento à vista, além de unificar os contratos em atraso, parcelar em até 96 meses, realizar uma pausa no pagamento de até uma prestação e renegociar o parcelamento. As condições variam de acordo com as características do contrato e o tipo de operação.
Clique e saiba mais

Itaú Unibanco

Datas: de 2 a 6 de dezembro.
Onde: nas agências, central telefônica e canais de atendimento online.
Condições anunciadas: taxas reduzidas, a partir de 1,99%, para débitos com mais de 90 dias de atraso. Prazo de até 30 dias para o pagamento da primeira parcela. Quem for pessoalmente renegociar pode obter desconto de até 90% nas dívidas com atraso superior a um ano, ter a opção de pagamento da dívida renegociada em até 6 vezes, com parcelas fixas, ou parcelamento em até 60 meses.
Clique e saiba mais

Santander

Datas: de 2 a 6 de dezembro.
Condições anunciadas: clientes com atrasos de até 60 dias terão reduções nas taxas de até 20%. Para acordos com atrasos acima de 60 dias, descontos de até 90% no valor total da dívida.
Clique e saiba mais

Aproveite que as principais instituições financeiras estão oferecendo esta oportunidade, diminua o seu endividamento, coloque as finanças em ordem e prepara-se para um Ano Novo diferente.

------ Este artigo foi escrito por Ricardo Pereira. Este artigo apareceu originalmente no site Dinheirama.A reprodução deste texto só pode ser realizada mediante expressa autorização de seu autor. Para falar conosco, use nosso formulário de contato. Siga-nos no Twitter: @Dinheirama

Publicidade

Fechar

CONTATO

Preencha o formulário abaixo

Fechar

Hospedagem HTML Grátis sem limite

Infelizmente este serviço foi descontinuado e não será possível criar um novo cadastro


Fechar

BLOG Grátis

Infelizmente este serviço foi descontinuado e não será possível criar um novo cadastro


Fechar

Esqueci minha senha

Crie já o seu cadastro

Fechar

ESQUECI MINHA SENHA

 

Se você esqueceu sua senha, digite seu login abaixo.

Se você esqueceu seu login, digite seu e-mail abaixo.