fraseado.xpg.uol.com.br

WebMedia XPG

Recomeço com vitória... e sufoco


Fluminense 2x3 Dentil/Praia Clube
 
Superliga vôlei Praia Clube
Mailson Santana/Fluminense
É, nem o líder da Superliga 17/18 está a salvo de uma ressaca pós festas de final de ano. No seu primeiro jogo em 2018, o Praia Clube demorou para engrenar e passou sufoco para vencer o Fluminense. Apesar de manter a invencibilidade, acabou por estrear em 2018 com a perda do primeiro ponto na competição.

O Praia entrou em quadra desorientado e com o sistema ofensivo desorganizado. Grande parte do problema esteve concentrado nas falta de qualidade dos levantamentos da Claudinha para a Garay, principal força de ataque da equipe mineira, desfalcada nesta partida da Fawcett. A levantadora melhorou ao longo do jogo, mas não foi garantia de padrão e de boas escolhas.
 
*******************************

Das partidas que acompanhamos do Praia nesta SL, esta foi a que mais os problemas de passe se fizeram sentir e comprometeram. O time não conseguiu se recuperar na virada com a mesma rapidez de outros confrontos e, o mais grave, oscilou demais na concentração.

Isso se viu bastante nas bolas bobas que caíram na defesa e em escolhas erradas de ataque. Num time que até então se destacava pela lucidez e a disciplina estratégica, estas falhas acabaram chamando bastante a atenção. 

*******************************
 
No fim, o Praia passou incólume nos confrontos com os colegas do topo da tabela para ser “arranhado” pelo Fluminense, melhor coadjuvante desta temporada da SL.

Mesmo sem sua melhor jogadora, a Thaisinha, o tricolor se virou muito bem. Renatinha e Clarisse cobriram o quanto puderam a falta da colega no ataque, dando briga à defesa mineira no terceiro e quinto sets. O bloqueio e o saque também tiveram bons momentos, fazendo frente aos dos adversário. Mas, é claro, o Flu tem suas limitações e a falta de regularidade na virada de bola acabou fazendo falta no tie-break. 

*******************************
 
Perder um ponto ou até mesmo a partida não é de todo o mal pro Praia. Ele não vai conseguir manter o alto nível do primeiro turno até os playoffs, é naturalmente impossível.

O problema é que já nesta semana tem as finais da Copa Brasil. Para um time que não tem nenhum título nacional, esta seria uma ótima oportunidade de aproveitar o bom momento, superior ao do seus adversários, para dar este importante passo não só para a história do clube como também para a conquista da SL.

Publicidade

Fechar

CONTATO

Preencha o formulário abaixo

Fechar

Hospedagem HTML Grátis sem limite

Infelizmente este serviço foi descontinuado e não será possível criar um novo cadastro


Fechar

BLOG Grátis

Infelizmente este serviço foi descontinuado e não será possível criar um novo cadastro


Fechar

Esqueci minha senha

Crie já o seu cadastro

Fechar

ESQUECI MINHA SENHA

 

Se você esqueceu sua senha, digite seu login abaixo.

Se você esqueceu seu login, digite seu e-mail abaixo.