fraseado.xpg.uol.com.br

WebMedia XPG

Review MaxLink 150AD


O MaxLink 150AD é um roteador de entrada da Maxprint , marca brasileira de equipamentos de informática e eletrônica, que está à venda pelo preço de R$ 70. Suas especificações prometem conexão de até 150 Mb/s em banda única. Indicado pela fabricante como ideal para redes domésticas e de pequenas empresas, o aparelho demonstrou que tem suas limitações. A rede Wi-Fi, por exemplo, não se sustentou quando conectada a muitos dispositivos simultaneamente. O ponto positivo ficou por conta do QoS, que funcionou bem ao direcionar o sinal para um aparelho específico. Confira a análise completa do MaxLink 150 AD e saiba se o roteador é bom para você. Seis recursos do roteador Wi-Fi que você precisa para ter Internet rápida MaxLink 150AD (Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo) Design O aparelho tem dimensões pequenas (150 x 100 x 30 mm) e não chama muita atenção, combinando facilmente com qualquer ambiente. Agradável esteticamente, o MaxLink 150AD tem corpo em cinza e branco e uma única antena, que é removível. Na parte traseira, são quatro entradas LAN e uma WAN, além de botão WPS/Reset. No painel frontal, o roteador tem indicadores LED para energia, rede, conexão e entradas Ethernet em funcionamento. MaxLink 150AD (Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo) Conectividade Começar a usar o dispositivo é simples. Para configurar, é só checar as credenciais na parte de baixo do aparelho e conectar um computador à rede. Depois, por meio de um navegador, basta inserir o IP do roteador e a interface da MaxPrint vai aparecer. Além disso, na caixa também há um assistente, o que facilita ainda mais o procedimento. Uma vez conectado, percebemos que seu alcance não é um problema. Em uma casa de aproximadamente 140 m², o sinal chegou a todos os cômodos, apesar de fraco. É uma característica razoável, já que é indicado também para pequenas empresas. MaxLink 150AD (Foto: Reprodução/Yuri Hildebrand) Desempenho Os testes seguiram com a conexão de sete dispositivos: três celulares, notebook, tablet, PS4 e smart TV, sendo os dois últimos via Ethernet. Com a rede bastante exigida – o que provavelmente aconteceria em uma pequena empresa –, o roteador não sustentou o sinal Wi-Fi, que caiu seguidas vezes. MaxLink 150AD (Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo) A possível razão para o baixo desempenho é a presença de uma única banda, de 2,4 GHz, além da baixa taxa de transmissão, de 150 Mb/s. Até por isso, vale ressaltar que durante certos horários, com menos aparelhos congestionando a rede – apenas um celular, o notebook e o console da Sony –, a conexão foi suficiente inclusive para jogar online. Um dos pontos positivos foi o QoS (Quality of Service), por onde o usuário pode indicar um ou mais dispositivos para ter preferência na rede. Essa função é interessante para aparelhos como smart TVs ou videogames, que são usados para streaming e jogos online e precisam de bastante velocidade de download e upload. Nos testes do TechTudo , a preferência foi o PS4, para jogos online. Entradas do MaxLink 150AD (Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo) Conectado à rede wireless, o console não chegou perto do necessário. As velocidades de download e upload ficaram muito abaixo de 1 Mb/s, e a única forma de utilizar a função foi via Ethernet. O alcance do sinal pode ter sido um dos principais motivos, já que roteador e videogame ficam em quartos diferentes. Com a conexão via cabo estabelecida, a preferência mostrou-se bastante efetiva, já que a jogabilidade online fluiu muito melhor. Dos 13,7 Mb/s de download e 1,5 Mb/s de upload, as velocidades subiram para 15,6 e 1,6 Mb/s, respectivamente. MaxLink 150AD (Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo) Conclusão O MaxLink 150 AD é, de fato, indicado para uso doméstico e de pequenas empresas. Mas o usuário interessado na compra do produto precisa pensar não apenas em seu alcance, mas também no número de dispositivos que serão conectados à rede. Quando muito exigido, seu desempenho foi abaixo do esperado. Houve queda constante do sinal, o que impediu funções básicas como reprodução de músicas e visualização de vídeos curtos e de baixa qualidade. Em contrapartida, o aparelho mostrou funcionar bem quando conectado a poucos dispositivos. Em pequenos escritórios ou casas onde moram poucas pessoas, o roteador pode ser muito útil. Além disso, o QoS é uma função importante para facilitar certos tipos de uso, o que é uma vantagem muito atraente para o aparelho da MaxPrint. O modelo custa R$ 70 em lojas online. Se você continua em dúvida, vale pesquisar roteadores de outras marcas na mesma faixa de preço, como o TP-Link TL-WR849N , que custa R$ 63, e o D-Link Dir-610 N, que sai por aproximadamente R$ 45. Ficha técnica do MaxLink 150 AD: Chipset Realtek RTL8196E + RTL 8188ER Padrões IEEE 802.11 B/G/N Frequência 2.4 GHz a 2,483 GHz Taxa de transmissão 150 Mb/s Potência de saída 126 a 250 mW Interfaces 1 porta WAN e 4 portas LAN Antena removível Omni direcional com ganho de 5dBi Suporte PPPoE, IP dinâmico, IP estático, UPnP, DDNS, SNTP, Virtual Server, WDS e DMZ Botão Reset e Led de status Alimentação 5V DC 1A Consumo 2.5 W Preço R$ 70 Qual é o melhor Roteador Wireless? Comente no Fórum do TechTudo saiba mais Roteador: veja seis dicas para jogar online sem perder a conexão DIR-882, roteador Wi-Fi da D-Link, promete boa conexão para gamers Roteador TP-Link com 3 antenas: veja modelos com preço baixo no Brasil

Publicidade

Fechar

CONTATO

Preencha o formulário abaixo

Fechar

Hospedagem HTML Grátis sem limite

Infelizmente este serviço foi descontinuado e não será possível criar um novo cadastro


Fechar

BLOG Grátis

Infelizmente este serviço foi descontinuado e não será possível criar um novo cadastro


Fechar

Esqueci minha senha

Crie já o seu cadastro

Fechar

ESQUECI MINHA SENHA

 

Se você esqueceu sua senha, digite seu login abaixo.

Se você esqueceu seu login, digite seu e-mail abaixo.