geekiss.xpg.uol.com.br

WebMedia XPG

12 dicas preciosas para quem quer mudar o estilo de vida e melhorar a saúde


1. DESCASQUE MAIS, DESEMBALE MENOS: já parou para pensar quanto consome de industrializados? Quantos pacotes você abre por dia? Esses alimentos muitas vezes contém adoçantes, conservantes que alteram o nosso intestino, principal órgão envolvido na absorção de nutrientes. Alem do mais, muitas vezes os industrializados são pobres em nutrientes. Prefira sempre o natural: frutas, vegetais (cenoura em palitos, tomate cereja são ótimas opções de lanches), sementes (abobora, girassol, gergelim), castanhas (amêndoas, macadâmias, castanhas de caju…). E quando precisar comprar algo industrializado sempre leia a lista de ingredientes, só compre se conhecer todos os ingredientes que estão na lista!

2. COMA FRUTAS E INCLUA VEGETAIS NO ALMOÇO E NO JANTAR, esses alimentos são riquíssimos em nutrientes, fitoquímicos e diversos compostos benéficos para a saúde. A natureza é sabia e nos oferece o melhor sempre, se possível sempre prefira os orgânicos para reduzir a exposição a toxinas como metais pesados presentes nos agrotóxicos.

3. BEBA ÁGUA: A hidratação é fundamental para manter o corpo funcionando corretamente, importante para eliminação de toxinas pela urina, manutenção da temperatura corporal, funcionamento do intestino, hidratação da pele. A cor da urina é uma maneira fácil de avaliar a hidratação, quanto mais clara melhor. Sintomas como: dor de cabeça, boca seca, olho seco, constipação, cãibra, falta de energia… podem ter relação com o baixo consumo de água.

4. PREPARE E/OU PROGRAME A SUA ALIMENTAÇÃO: O principal responsável pela sua alimentação é você! Encare como um compromisso no início, e, com o passar do tempo isso será uma atividade como qualquer outra. Deixe tudo na maneira que for mais prático, se não gosta de cozinhar procure empresas que ofereçam as refeições prontas e mantenha na geladeira ou congelador, separe um tempo na sua semana para ir ao mercado ou na feira, veja se alguém pode te ajudar na cozinha no preparo, crie alternativas de acordo com a sua rotina!

5. EVITE BELISCAR: O ato de beliscar entre as refeições compromete o emagrecimento e altera o metabolismo, quando ingerimos alimentos com carboidratos entre as refeições, desde uma simples bala até cafezinhos adoçados com açúcar, o metabolismo da glicose fica alterado, ocorre liberação da insulina em um momento que a insulina deveria estar com níveis mais baixos, provocando maior acumulo de gordura, principalmente abdominal.

6. VARIE a alimentação, procure não comer todos os dias as mesmas refeições. Isso ajuda na ingestão dos variados nutrientes que necessitamos para nossa saúde, além de prevenir a ocorrência de alergias alimentares por saturação de um mesmo alimento. E se o objetivo é emagrecer é importante essa variação para dar estímulos diferentes ao corpo.

7. PREFIRA FAZER JANTAR AO INVÉS DE LANCHE, o teor de nutrientes de um jantar balanceado (com proteína: frango, peixe, ovos, feijão,lentilha,sementes; vegetais variados (crus, cozidos e refogados); carboidratos complexos: aipim, batata doce, inhame é infinitamente maior que de alimentos refinados e industrializados comumente presentes nos lanches como: pães, embutidos (peito de peru, presunto…), produtos a base de farinha e leite e derivados.

8. APRENDA A GOSTAR DO SABOR NATURAL DOS ALIMENTOS: açúcar e adoçante não devem fazer parte da rotina. No inicio pode ser difícil pensar em fazer essa mudança, mas com o tempo o nosso paladar evolui e o sabor artificial começa a incomodar. O café é uma das bebidas que sempre sugiro fazer essa transição, principalmente para quem consome varias vezes ao dia, expor excessivamente ao açúcar e aos adoçantes pode aumentar compulsão por doces, sensação de fome constante, distensão abdominal e inclusive alterações da microbiota intestinal e resistência à insulina.

9. EVITE INGERIR LÍQUIDOS COM AS PRINCIPAIS REFEIÇÕES: esse hábito pode prejudicar a digestão dos alimentos e gerar sintomas desagradáveis como gases, refluxo, azia, distensão abdominal. Além disso, bebidas com cafeína podem comprometer a absorção de nutrientes importantes como cálcio e ferro.

10. EVITE ALIMENTOS REFINADOS: Os alimentos considerados brancos (pão, açúcar, trigo, arroz) passam por um processo que perdem a película externa, que contêm mais nutrientes e fibras. No intestino, os alimentos refinados favorecem o crescimento das bactérias patogênicas (ruins) e desequilibram nossa microbiota intestinal. Além disso, a alimentação rica em alimentos refinados altera nosso metabolismo, aumentando a glicose, insulina, alterando os níveis de colesterol e colaborando para obesidade.

11. MEXA-SE. Busque incluir uma atividade física no dia a dia ou tente ter uma rotina. Você não precisa estar na academia para se exercitar, pode tentar andar mais distâncias, subir escadas ao invés de elevador, acompanhar a média de distância que faz ao longo do dia, ir de bicicleta para o trabalho, ter um final de semana com atividade ao ar livre, são infinitas possibilidades. Só não vale ficar parado!

12. BUSQUE O EQUILÍBRIO! Saiba reconhecer as exceções e não deixe que virem regra. Se a rotina é saudável a maior parte do tempo, vale a pena abrir exceções em alguns momentos, afinal comer também é um ato social.

Publicidade

Fechar

CONTATO

Preencha o formulário abaixo

Fechar

Hospedagem HTML Grátis sem limite

Infelizmente este serviço foi descontinuado e não será possível criar um novo cadastro


Fechar

BLOG Grátis

Infelizmente este serviço foi descontinuado e não será possível criar um novo cadastro


Fechar

Esqueci minha senha

Crie já o seu cadastro

Fechar

ESQUECI MINHA SENHA

 

Se você esqueceu sua senha, digite seu login abaixo.

Se você esqueceu seu login, digite seu e-mail abaixo.